Baixe grátis

Ir para o site

Baixe grátis

Menu

Os melhores festivais de música electrónica em Angola

Os festivais de música electrónica estão a crescer em todo o mundo. E isto não é diferente em Angola, que a cada ano conta com um público fiel e maior. Tendência da geração, é que estes festivais buscam ir além de um simples show de música, com grandiosas apresentações e estruturas explêndidas  de decoração, se propõem enquanto promotores de intercâmbio entre culturas nacionais e internacionais. 

Dos diversos estilos de música electrónica, os que mais se destacam no mundo são o Techno, o Drum’n’Bass e o Trance, além dos mais recentes, como o Future House. Em Angola, o AfroHouse faz sucesso – assim como em  outros países africanos, misturando ritmos tradicionais desses países com as batidas electrónicas.

Quer saber mais sobre os festivais de música electrónica que fazem sucesso em Angola? Continua a leitura!

O fenômeno dos festivais de música electrónica

Em todo o mundo, os festivais de música electrónica se tornaram verdadeiros fenômenos, ao atrair um grande número de participantes e movimentar a economia de diversas cidades.

Actualmente, a Ásia é um dos maiores mercados consumidores da música electrónica do mundo, reunindo grandes festivais, em especial na China, no Japão e na Coreia do Sul.

Um estudo realizado pela Nielsen mostrou que 74% dos sul-coreanos escutam música electrónica, enquanto na China e em Taiwan, esse estilo é o preferido de 64% das pessoas e no Japão a taxa é de 35%.

O sucesso dos festivais de música electrónica é reflexo do grande número de ouvintes entre os jovens de diversos países do mundo.

A música electrónica também foi uma das principais propulsoras do Spotify, plataforma streaming de música. Estima-se que 27% das 100 faixas mais reproduzidas desde o início da plataforma sejam de música electrónica, o que demonstra a força desse gênero.

Com isso, é claro, que também houve uma valorização dos DJs. Em 2017, por exemplo, Calvin Harris era o DJ mais bem pago do mundo, com ganhos em torno dos 49 mil dólares.

Em 2019, a revista britânica DJ Mag divulgou uma selecção com os 100 melhores DJs do mundo. Os principais eleitos foram: Dimitri Vegas & Like Mike, Martin Garrix, David Guetta, Armin Van Burren, Marshmello, Don Diablo, Oliver Heldens, Tiesto, Afrojack, Steve Aoki, Alok e Hardwell.

De acordo com um levantamento feito pelo Music Essentials, a música dance ou electrónica foi considerada o terceiro gênero mais popular do mundo em 2019, atrás apenas do pop e do rock, com 32% das pessoas dizendo que escutam o estilo com frequência. Em termos globais, isso significa mais de 1 bilhão de ouvintes.

Mercado de eventos promissor

Com tamanho crescimento desse estilo, os festivais de música electrónica estão a se tornar um mercado promissor e interessante para os produtores de evento de todo o mundo, além de servir como possibilidade de marketing para as grandes marcas que querem se aproximar do público jovem.

Isso porque a forma como as pessoas se relacionam com a música está a se modificar. Um estudo feito nos Estados Unidos mostrou que 40% dos millenials, aqueles nascidos a partir da década de 80, que representam quase 2 bilhões de pessoas no mundo, estão mais propensos a sair para eventos. 

Diante disso, festivais icónicos como Tomorrowland e Ultra Music Festival têm crescido exponencialmente. Entre 2012 e 2017 eles tiveram um crescimento de quase dez vezes, além de quadruplicar a capacidade desde 2008.

Alguns festivais de música electrónica são conhecidos globalmente e atraêm um número considerável de turistas. Os principais são:

  1. Tomorrowland: originalmente com exibições na Bélgica, hoje conta com edições em vários países do mundo. O festival acontece no final de julho e possui uma decoração lúdica, além de contar com mais de 15 palcos e os DJs mais notáveis do mundo.
  2. Ultra Music Festival: é o maior festival dos Estados Unidos, com mais de 20 anos de tradição e  transmissão para o mundo todo. É realizado dentro da Miami Music Week, sendo um dos principais palcos para lançamento de DJs.
  3. Eletric Daisy Carnival: é considerado o maior festival de música electrónica da América do Norte, com mais de 300 mil participantes por edição. Além disso, sempre concentra os principais nomes da música electrónica no seu line-up e ocorre durante 3 dias.
  4. KaZantip Republic: é o maior e mais longo festival de trance, Techno e house, também conhecido apenas como “Z”. Ele acontece durante o verão ucraniano e tem duração de 5 a 6 semanas, com cerca de 150 mil participantes por edição.
  5. Boom Festival: festival português com duração de 7 dias que reune música electrónica, pintura, escultura, yoga, cinema e teatro. Em uma de suas edições conseguiu atrair cerca de 30 mil pessoas.
  6. Sensation: bastante conhecido pelas produções espetaculares com shows de luzes e acrobatas. Ele foi criado em Amsterdam, na Holanda, mas já contou com edições em outros países como: Espanha, Rússia, Brasil, Alemanha, Reino Unido e EUA. É considerado o maior festival de música electrónica em ambiente fechado do mundo.
  7. Mysteryland: festival que ocorre todos os anos na Holanda, Estados Unidos e Chile, se destaca pela construção de palcos em formato de animais.
  8. The Eden Experience: é considerado o maior festival de música electrónica da África e acontece anualmente próximo à Cape Town, na África do Sul. São 12 horas de música electrónica com os principais DJs do mundo.

A música electrónica em Angola

Os festivais de música electrónica em Angola divertem os jovens e divulgam a cultura nacional. 

Em Angola, a música electrónica está presente há vários anos, com diferentes estilos produzidos nas diversas zonas do nosso país. Os sub-gêneros mais consumidos em Angola são o kuduro e o afrohouse, que através de suas misturas de ritmos africanos e electrónicos, são essenciais para a divulgação e valorização da cultura nacional.

Existe ainda um movimento que merece relevância: das produtoras de eventos que apostam no género “underground” e que, quase todos os meses, produzem pequenos festivais de música electrónica em Luanda, com vários artistas nacionais e internacionais de destaque.

Impulsionados principalmente pelo streaming e a possibilidade de comprar música online, a nova geração promove organicamente a divulgação, compartilhamento e consequente valorização dos novos artistas e DJs.

Um dos destaques em termos de artistas nacionais, sem dúvida, é Djeff – considerado por muitos como um embaixador de Angola no mundo da música electrónica, marcando presença nos melhores festivais internacionais do gênero.

Djeff

Djeff é o nome artístico de Tiago Barros que nasceu em Alverca do Ribatejo, em Portugal. Hoje, o artista acumula participações em festivais de música electrónica em todo o mundo, além de tocar regularmente em França, Inglaterra, Grécia, Holanda, Itália, Croácia e Martinica. O artista, além de DJ, é produtor musical.

Além dele, outros DJs nacionais de destaque são: Paulo Alves e seu irmão Ricardo Alves, Afro Pupo, Pzee Boy, Miss Dee, DJ Jorge Cadete e DJ Kulas, entre outros.

Os principais festivais de música electrónica em Angola

Com o crescimento expressivo dos festivais de música electrónica em todo o mundo, Angola também tem se destacado, com várias opções para quem gosta do gênero. Alguns que merecem destaque são:

Music Box

Festival originalmente português, com sua  primeira edição angolana que ocorreu em 2019 no Cine Atlântico, com a duração de mais de 12 horas. O evento homenageou grandes nomes da música electrónica nacional como Paulo Alves, Silyvi, Afro Pupo, Pzee Boy, Miss Dee, Jorge Cadete e Kulas e ainda as  jovens promessas Wilson Kentura, Chris Vogue e Márcio Alves.

Devido ao grande sucesso tanto entre os artistas como entre o público, a organização já anunciou regressar com mais edições.

NoCal Music On

Com sua primeira edição que aconteceu em 2017, foi o primeiro grande festival de música electrónica em Angola, com mais de 8 horas de espetáculo na Fortaleza de São Miguel de Luanda. Em seu lineup sempre estão Djs de destaque nacional e internacional. 

A Nocal, marca histórica de cerveja de produção nacional em Angola, é quem organiza o evento buscando se actualizar e reinventar a sua actitude, com mais tecnologia ano após ano, têm o propósito de internacionalizar a sua marca e modernizar o seu conceito.

Nocal Summerland 

As grandes marcas utilizam os festivais de música electrónica para divulgação e aproximação com a nova geração de jovens.

Outro evento fomentado pela marca de cerveja Nocal, resultado da união de respeitados organizadores de eventos angolanos, como Mauro Tuga, Mário Rodrigues e Miguel Katurichi. Acontece todos os anos em Novembro, próximo ao dia 11 de Novembro, importante feriado do dia da Independência de Angola, na Baía de Luanda, reunindo importantes nomes do cenário nacional e internacional.

Beevok Experience

Considerado o maior evento de House e Afro house. Teve sua primeira edição em Luanda em 2019 e também contou com uma edição em Benguela. Com um line-up recheado de DJs nacionais e internacionais de destaque nos gêneros, além de belíssimas estruturas de laser e light show.

Este festival foi realizado para divulgação da nova marca Beevok, que além das experiências, surpresas e momentos extraordinários, ofereceu ao público a degustação de seus sofisticados licores de vodka.

Celebração AfroHouse 

Promovido pela marca de bebidas “Red Bull”, este festival teve sua primeira edição em Outubro de 2019, como comemoração aos 5 anos de música em Angola e e foi considerado o maior festival de Afro House do país.

Com 2 dias de duração, o evento levou a diversão para o público e reafirmou o talento dos mais de 25 astros Dj’s de países como Angola, Nigéria, África dos Sul, Quénia, Marrocos e Zâmbia.  

Onde encontrar os melhores festivais de música electrónica em Angola

A cada ano, surgem novos festivais de música electrónica. E para encontrar os melhores, é preciso ficar atento ao circuito de eventos. Por isso, a nossa dica é usar o aplicativo Zukese.

Criado por e para angolanos, ele é extremamente completo. Com o app, você poderá escolher que tipo de evento deseja participar e o próprio programa encontrará as melhores opções próximas de onde você está.

Além dos festivais de música electrónica, é possível encontrar opções de eventos variados, como dança, teatro, festas, shows, eventos corporativos, gastronomia, cinema, eventos esportivos e muitos outros.

Depois de encontrar o evento que você deseja participar, é possível convidar os amigos (basta compartilhar nas suas redes sociais) ou fazer a compra do ingresso de forma simples e rápida diretamente pelo aplicativo.

Para isso, o Zukese trabalha com o sistema de carteira digital. Funciona assim: você adiciona uma quantia de créditos na sua carteira virtual e poderá usar para fazer as compras que desejar no aplicativo, sem a necessidade de cartão de débito.

É uma maneira muito mais fácil de ficar por dentro dos principais festivais de música electrónica em Angola e também de outros eventos que sejam do seu interesse.

Para os produtores de festas e eventos, essa também é uma óptima opção, afinal é possível encontrar um público ainda maior e transformar o seu evento em um verdadeiro sucesso.

Conclusão

Neste conteúdo, você viu que os festivais de música electrónica têm movimentado todo o mundo. Afinal, esse gênero está em franco crescimento, o que atrai a atenção de pessoas de diversas idades.

Além dos festivais já consagrados e tradicionais que ocorrem na Europa e em diversos outros países, existem opções nacionais, com um line-up interessante e capaz de reunir os principais DJs internacionais e nacionais.

Em Angola, a música electrónica está a crescer, com o Kuduro e o Afro house em maior destaque. Mas existe espaço para todos os outros sub-gêneros e a procura constante dos angolanos pelos festivais e eventos desse tipo demonstram a força desse gênero musical.

Para se informar sobre os melhores festivais de música electrónica, ou para divulgar o seu evento, que tal baixar o aplicativo Zukese? Ele é gratuito e está disponível para iOS e Android.

Tags

angola eventos festivais tendências

Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Baixe agora!

iOS ou Android? Baixe gratuitamente nosso App e aproveite diversa experiências, todos os dias!